quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Seguir em Frente

Ao longo da estrada da vida, muito se conhece, muito acontece ...
É então que surgem as dúvidas, muitas delas até existenciais.
A única certeza que levo comigo é a de que muito pouco sei ... de que nada sei ...
Mas cada um de nós tem o poder de compor a sua própria história.
E cada um de nós carrega o dom de ser capaz de optar por ser feliz.
Por isso eu sigo, mas levo comigo este sorriso, porque já chorei demais!
Apenas continuo a seguir esta estrada da vida, pois ela me levará a algo, ela me trará algo,
Algo que já à muito procuro, algo inesperado, algo que será só meu, algo que será eterno ...
Nesta estrada eu vou, sem receios, sem olhar para trás,
Nesta estrada eu caminho, pois acredito que, por mais que tudo me desabe em cima, terei sempre esperança.
É com esta esperança que perdura a minha força, é com esta esperança que perdura o meu sofrer, é com esta esperança que eu sigo ...
Assim, só eu saberei o que custou e só eu saberei o quanto valeu a pena.
E apenas concluirei que nada é impossível e que, caminhando nesta estrada, chegarei ao meu destino!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Certamente O Que Eu Preciso!

Preciso de algo! Preciso de algo que me deixe falar, algo que me faça falar!
Preciso de alguém! Preciso de alguém que me dê força, alguém que me encoraje!
O que eu realmente preciso é de um "wake up call". Mas nada por telefone ou telemóvel.
Preciso que seja algo pessoalmente físico e directamente colocado no espaço.
Preciso de algo que me faça saltar. Algo que me faça delirar de alegria, adrenalina, ansiedade, entusiasmo e paixão. Mas que não me faça mal no final das contas. Que não me deixe triste e confuso depois de tudo.

Eu só preciso, realmente, de algo que me faça sorrir, alguém que abra a janela e eu veja claramente o céu, sem qualquer nuvem, e que apresente um sol tão belo e ofuscante, sem nada que o possa encobrir, ou algo que o faça passar por algo que ele não o é!!

Sinto que me perco no tempo neste mundo onde não encontro o que preciso.

Preciso de encontrar algo essencial para mim, para a minha vida. Preciso de encontrar alguém que me leve onde ninguém alguma vez levou. E não me refiro ao céu, pois este não me pertence, não me refiro às estrelas, porque estas não lhe pertencem.
Refiro-me a algo real, algo verdadeiro, algo sincero, algo meu, algo que seja precisamente o que eu preciso de precisar para que não precise de procurar e de precisar de mais nada.

Que imensidão será precisa para preencher este vazio que corrompe meu coração de tal maneira que entope as minhas veias, impedindo que o ar passe e fazendo com que eu sufoque?

Só penso em encontrar o que preciso. Mas, e se o que eu preciso, não precise ser encontrado?

Não quero a primeira, não peço pela segunda e é possível que a terceira não me agrade. Eu só peço a certa!! Algo certo, alguém certo...

Talvez o que preciso é, encontrar em mim mesmo o que é necessário para que não precise mais de procurar alguém ou algo que me dê aquilo que, por sinal, tenho de alcançar por mim próprio!!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Estar no lugar errado, há hora errada!!

Se alguém. Uma pessoa qualquer, deseja muito ter algo que é importante para ela, tem de lutar por isso, tem que demonstrar que realmente quer aquilo.
Falar é fácil, agora fazer...

A decisão até agora nunca foi minha, mas vou impor-me neste momento. A partir de agora está nas minhas mãos e eu irei aproveitar esta chance para fazer o que já devia ter feito a algum tempo...

Às vezes, mais vale tarde que nunca, outras, nem vale a pena por já ser bem tarde.

Mas, gostava de dizer que tenho uma decisão tomada. Essa decisão seria ficar ao teu lado e fazer de tudo para dar certo, pois não posso negar que sinto falta de ti, falta do teu cheiro, falta do teu toque e do teu sorriso maravilhoso, sinto falta do teu beijo...
Mas não posso. Não consigo. Não tenho nada certo na minha cabeça.
Pensamentos desagradáveis mas totalmente plausíveis aparecem e não me deixam decidir, não me deixam pensar como deve ser, confundem-me ainda mais.
Fazem com que apareça cada vez mais dor, mais lágrimas, a maior parte delas não visíveis, mais noites em claro, sem sono algum, mais...

Há palavras que podem evitar que algumas pessoas se magoem, se não forem pronunciadas.
Também existe o respeito.
A arrogância é algo que deve ser evitado em todas as situações, em qualquer circunstância.

Eu só precisava de ti aqui, a dizer-me coisas ao ouvido, a abraçar-me, a manter-me calmo e seguro de algo, seguro que tudo ficaria bem.
Cada vez mais penso que o problema está em mim. Sou eu o culpado disto tudo!
Eu é que não pertenço aqui e nem sequer devia ter me metido na tua vida.

Há momentos em que só me apetece correr para bem longe daqui, para longe deste país até!
Ou apenas correr. Começar a correr e não parar.
Correr até cair. Mas não é cair por cair, é cair mesmo, mas que caia e não me levante mais...